Logo | Ápex Odontologia

Como corrigir a mordida profunda?

Atualizado em 25/06/2024
Tempo de leitura: 4 min.

O tratamento da mordida profunda é feito com o uso de aparelhos ortodônticos, que podem ser os tradicionais metálicos, os estéticos ou os alinhadores invisíveis. Pode ser necessário a complementação com reabilitação utilizando técnicas de devolução de altura mastigatória também. Existem casos em que há necessidade somente da reabilitação, esses são casos geralmente de pacientes com mais idade.  Apenas em casos mais complexos pode ser recomendada a cirurgia ortognática.

A imagem mostra o sorriso de uma mulher

Existe uma posição ideal para que as arcadas dentárias se encaixem a fim de promover o perfeito alinhamento entre os dentes. Mas diversos fatores podem provocar desalinhamentos e encaixes inadequados, que levam a alterações como a mordida profunda.

Esse tipo de má oclusão não afeta somente a aparência do sorriso. Também causa alterações no processo de mastigação e pode comprometer a estrutura da face levando a problemas mais severos, como o desgaste da articulação temporomandibular.

Por isso, é importante que problemas na mordida sejam corrigidos da forma adequada. Neste artigo você verá como a mordida profunda é corrigida. Continue lendo e fique por dentro do assunto.

O que é a mordida profunda?

Na anatomia ideal, os dentes da arcada superior, na região da frente, cobrem parcialmente os dentes inferiores. Mas existe um limite para isso, sendo uma cobertura de cerca de 3 mm. Em um quadro de mordida profunda, ou sobremordida, há um excesso nessa sobreposição, fazendo com que os dentes inferiores sejam muito cobertos pelos superiores.

Isso pode acontecer em função de diversos fatores, como:

  • genética;
  • bruxismo;
  • perda de dentes;
  • retrusão mandibular;
  • alterações no desenvolvimento da mandíbula;
  • inadequação no tamanho dos dentes;
  • excesso de força nos músculos mastigatórios.

Seja qual for a causa da mordida profunda, ela pode provocar diversas complicações, como:

  • travamento da mandíbula;
  • dores articulares;
  • dor de cabeça;
  • dificuldade para mastigar;
  • problemas respiratórios.

Além disso, como os dentes inferiores ficam muito atrás dos superiores, podem surgir feridas no céu da boca por causa do atrito com os dentes de baixo.

Qual é o tratamento para mordida profunda?

Como você pode ver, a mordida profunda é uma alteração que traz consequências negativas que vão muito além da aparência do sorriso. A questão estética também costuma gerar um certo desconforto, mas o tratamento é fundamental, principalmente, para promover saúde e qualidade de vida.

Como dito na introdução, a mordida profunda pode ser corrigida por meio de tratamento com o uso de aparelhos ortodônticos, uma combinação de tratamento ortodôntico com a reabilitação, ou, em outras situações, somente a reabilitação da mordida. Existem casos em que há necessidade de fazer a cirurgia ortognática.

Veja a seguir, com mais detalhes, cada uma dessas opções de tratamento.

Uso de aparelho ortodôntico

A função do aparelho ortodôntico é estimular as movimentações dentárias para que os dentes sejam reposicionados na arcada, assumindo a posição ideal. Isso permite reconfigurar a arcada dentária para que os dentes se encaixem da maneira adequada.

Atualmente, existem diversas opções de aparelho ortodôntico no mercado, desde os tradicionais até aqueles com tecnologias mais modernas. Veja a seguir.

Aparelho fixo metálico

Esse é o aparelho mais tradicional, aquele metálico, com tom prateado, que fica colado nos dentes. Ele tem um custo-benefício muito atrativo e é eficaz na correção da mordida profunda e outros problemas ortodônticos.

Aparelho fixo estético

Sua configuração é similar a dos aparelhos metálicos tradicionais. Ou seja, a opção estética também tem bráquetes que ficam colados nos dentes. A diferença é o tipo de material com que são confeccionadas. Nesse caso, pode ser utilizada a porcelana, a safira ou o policarbonato.

A vantagem deles é o menor contraste com os dentes. Por isso são chamados de aparelhos estéticos. Eles podem ser transparentes ou leitosos, ficam bem discretos na boca e exercem a mesma função do aparelho tradicional.

Alinhador invisível

O alinhador invisível é um aparelho ortodôntico mais moderno. Ele é um dispositivo móvel, ou seja, não fica colado nos dentes. Seu design é similar ao das placas utilizadas para tratar o bruxismo.

Encaixa na arcada dentária como se fosse uma capa e fica bem justo nos dentes para estimular as movimentações que vão corrigir a mordida profunda. Por ser transparente, fica quase invisível na boca. Uma opção interessante para quem quer um tratamento discreto e mais confortável.

Reabilitação protética 

É a reconstrução fina das superfícies dos dentes para que os superiores se encaixem corretamente com os inferiores. Pode ser feita com materiais restauradores até próteses dentárias. Pode ser uma complementação da terapia ortodôntica ou realizada sem a necessidade de aparelhos ortodônticos.

Cirurgia ortognática

A cirurgia ortognática costuma ser recomendada para uma minoria de casos. É uma opção para os quadros complexos, que envolvem a estrutura esquelética da pessoa e, por isso, não terão os melhores resultados somente com o uso do aparelho ortodôntico.

Nesse procedimento, são realizadas intervenções nos ossos faciais para que eles sejam posicionados da forma adequada, a fim de promover o melhor encaixe entre as arcadas dentárias. O mais importante é você saber que o tratamento para mordida profunda é sempre feito de uma forma personalizada.

Venha fazer uma avaliação com os nossos profissionais especializados para saber a melhor opção para o seu tratamento!

Por Equipe Ápex Odontologia
A Ápex Odontologia é uma empresa que acolhe seus clientes, proporcionando saúde, conforto, beleza e bem-estar através da personalização do atendimento e da satisfação em recebê-los como parte de nossa família.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 | 30 / 04 / 24
O briquismo é um tipo de bruxismo que acontece em estado de vigília. Ou seja, a pessoa range os dentes ou exerce pressão entre as arcadas dentárias enquanto está acordada. Mas isso ocorre de maneira involuntária como resposta a uma situação tensa ou estressante. Dor de cabeça ou no ouvido, dores na face, sensibilidade nos […]
Ler Mais
 | 11 / 03 / 24
Confira quais são os sintomas provocados pelo bruxismo e que acendem um sinal de alerta para a necessidade de buscar ajuda especializada.
Ler Mais
1 2 3 6
Ligue para agendar
magnifiercross