Blog

A mastigação incorreta pode causar a perda dos dentes? Descubra!

Mastigar é uma ação que realizamos de forma instintiva. Os movimentos são realizados inconscientemente, ou seja, não prestamos atenção na forma como estamos mastigando. É por isso que muitas pessoas acabam cometendo erros com essa função bucal.

Diversos prejuízos são decorrentes da mastigação incorreta. Você sabia que existe até mesmo a possibilidade de perda de dentes? Por essa razão, é muito importante entender como devemos mastigar e prestar atenção aos nossos próprios hábitos para corrigi-los, se necessário.

Neste artigo explicaremos por que os movimentos mastigatórios podem prejudicar a saúde bucal, como isso acontece, e ainda mostraremos o jeito correto de realizar essa ação para proteger a saúde da sua boca e do seu organismo. Continue lendo!

Como acontece a mastigação incorreta?

Como a mastigação é praticamente involuntária, dificilmente refletimos se existe um jeito certo ou errado de realizar os movimentos. A verdade é que sim, existe uma forma correta de mastigar para que possamos aproveitar ao máximo os alimentos e seus nutrientes, bem como para preservar as estruturas bucais e da face.

O ideal é que a mastigação seja bilateral, ou seja, precisamos utilizar os grupos de dente tanto do lado esquerdo quanto do lado direito da boca.

Assim, quando uma pessoa mastiga apenas de um lado e não apresenta uma boa articulação da mandíbula, ela está realizando uma mastigação incorreta. Existem alguns sintomas que podem vir acompanhados e ajudam a identificar problemas de mastigação. São eles:

  •  dificuldade para macerar alguns alimentos;
  •  lentidão para comer;
  • Cansaço / fadiga ao mastigar
  • “Mordidas na bochecha / lábios
  • “Retrações” gengivais
  • dor de cabeça recorrente;
  • dor de dente frequente;
  • engasgar com frequência;
  • problemas digestivos, como refluxo, azia e gases.

Para você fazer o teste, masque um chiclete sem açúcar, mas prestando atenção nos movimentos que está realizando. Veja se utiliza apenas um dos lados da boca e como sua mandíbula se movimenta. Em caso de dúvida é interessante consultar um dentista.

Por que a mastigação incorreta causa perda de dentes?

Quando mastigamos, utilizamos diversas estruturas da boca e da face em geral. Estão envolvidos, por exemplo, além dos dentes, a língua, a articulação temporomandibular (ATM), a maxila, a mandíbula e as bochechas.

Cada um deles têm a sua função no processo mastigatório, atuando de forma direta ou indireta para que os movimentos realizados sejam harmônicos. Como você viu, quando uma pessoa não mastiga direito existe um desequilíbrio nessa movimentação.

Na mastigação unilateral, por exemplo, a tendência é de que os dentes do lado utilizado sofram uma sobrecarga e desgastes acentuados pois eles se esforçam demais, tendo que realizar todo o trabalho. O conjunto de tecidos que sustentam a dentição (periodonto) também sente essa sobrecarga. Os músculos desse lado também ficam muito mais fortes do que já são.

Nossos dentes estão envolvidos pelo periodonto, que os mantêm presos à boca e atuam como um sistema de amortecimento natural, para suportar o esforço da mastigação e da mordida. Quando utilizamos só um lado da arcada, esses tecidos se esforçam demais e podem sofrer desgaste ao longo do tempo.

Há uma perda da qualidade deles o que pode desencadear processos inflamatórios. Além disso, o lado que não é utilizado também é afetado, mas de uma forma diferente. Como o lado que mastigamos diminui e o lado que “não utilizamos” fica com “altura maior” os dentes e tecidos sofrem com “forças laterais” de alta intensidade e frequência, que chamamos de “interferências”, essas, dores nas gengivas ao redor do dente (sem a presença de placa ou tártaro), escurecimentos da coroa, dores nos dentes que necessitem de tratamento de canais, ” retração” gengival, problemas articulares, perdas de dentes, etc….

Problemas secundários que causam perda de dentes

Também função da mastigação unilateral, pode haver um desgaste do esmalte dentário, eventualmente fissuras, trincas ou fraturas. Todos esses problemas favorecem infiltrações no elemento dentário, comprometendo sua polpa ou facilitando a manifestação de cáries.

Esses dois problemas, quando não devidamente tratados, evoluem para complicações e podem exigir a extração do dente. Assim, são problemas secundários decorrentes da sobrecarga que favorecem outras doenças bucais.

Existem ainda outras complicações que a mastigação incorreta pode causar, como a disfunção da articulação temporomandibular, também conhecida como DTM ou DATM. Pode, ainda, ocorrer uma assimetria facial, problemas de respiração ou fonação, alterações no desenvolvimento da face e desalinhamentos dentários.

Portanto, a perda de dente é um dos problemas que a mastigação incorreta provoca, sendo que os prejuízos são bastante extensos. Então, procure analisar o modo como você mastiga, fique atento a possíveis sintomas e procure um dentista para fazer uma consulta de avaliação e manter um acompanhamento, a fim de receber suporte no cuidado com sua saúde bucal.

Dr Marcos Ney Pizzocolo apex odontologiafaixa-apex-odontologia

Por Dr. Marcos Ney Pizzocolo
CRO-SP 56458

Formado pela Universidade Paulista – UNIP – em 1995 e pós-graduado em especialização de prótese dentária. Atua na área de estética, implante, cirurgia oral e reabilitação oral.

faixa-apex-odontologia

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fale Conosco

× Agendar Consulta