Blog

Gengiva inchada? Saiba o que fazer para aliviar a dor

Não são apenas os problemas que afetam os dentes que causam incômodos. Quando eles acontecem na gengiva também se manifestam sintomas, muitas vezes dolorosos, e que precisam de atenção para não se agravarem.

Inchaços na gengiva não são casos raros, e eles também indicam que algo está errado com a saúde bucal. Mas o que podemos fazer para aliviar esse desconforto e tudo voltar ao normal? Preparamos este artigo para responder essa pergunta!

Continue lendo para entender o que pode deixar a gengiva inchada, como ela pode ser tratada e ainda descubra se existem formas de evitar que esse incômodo volte a se manifestar.

O que deixa a gengiva inchada?

Diversos fatores podem causar lesões na gengiva fazendo com que ela fique inchada. Isso pode acontecer, por exemplo, quando usamos o fio dental do modo errado e ferimos o tecido. Também pode ser o resultado de um movimento mais brusco durante a escovação, causando uma pancada ou atrito excessivo.

Ainda, pode acontecer de um resíduo ficar preso nela, como uma casquinha de pipoca. O organismo entende que há um corpo estranho ali e emite esses sinais de alerta para avisar que algo está errado. Pode surgir o inchaço, sensibilidade e vermelhidão.

Porém, a principal causa da gengiva inchada é a gengivite. Essa inflamação se manifesta por causa do acúmulo de placa bacteriana em função da escovação insuficiente ou inadequada. Ali se proliferam bactérias que liberam substâncias irritantes, o organismo reage para tentar combatê-las e desencadeia, entre outros sintomas, o inchaço.

Como aliviar os incômodos da gengiva inchada?

Todo mundo tem uma receita infalível para aliviar sintomas, e se você fizer pesquisas, certamente encontrará muitas recomendações e dicas para aliviar o inchaço da gengiva. No entanto, nem tudo é realmente seguro ou eficaz.

O maior problema de adotar as receitas caseiras para aliviar problemas na gengiva é causar complicações maiores. Dependendo daquilo que foi utilizado, as gengivas ficam ainda mais irritadas e inflamadas.

Se por acaso houver uma melhora, o alívio nem sempre é de fato benéfico. Isso porque a receita poderá reduzir o inchaço, mas não atuará no problema em si. Ou seja, minimizamos o sintoma, mas não eliminamos aquilo que o está causando. Além de o inchaço voltar a se manifestar, esse suposto alívio estará mascarando o problema e dificultando um diagnóstico.

Por isso, o ideal é procurar um dentista para que ele possa avaliar sua saúde bucal e verificar o que está causando o inchaço na gengiva. Assim, ele poderá recomendar o tratamento mais adequado de acordo com as suas necessidades e de modo seguro para você.

Entretanto, uma medida que pode ajudar a aliviar o inchaço sem trazer complicações é fazer bochechos com água morna e um pouco de sal. Essa solução tem propriedades antissépticas e ajudará a reduzir o desconforto, porém, ela não é um remédio e somente ajuda no alívio até a data da consulta com o dentista.

Além disso, capriche em sua higiene bucal para eliminar todos os resíduos de alimento e as bactérias. Use o fio dental também. Faça isso cuidadosamente para não ferir ainda mais a gengiva, mas não deixe de usar, pois ele removerá a placa bacteriana entre os dentes.

Aumentar a ingestão de vitamina C também é válido. Isso porque ela atua no sistema imunológico e fará com que o organismo consiga se recuperar ou, pelo menos, evitará que a inflamação aumente.

É possível prevenir inchaços na gengiva?

Apesar de você não poder tratar o inchaço da gengiva sozinha, é possível evitar que esse problema aconteça. A melhor forma de fazer isso é mantendo uma boa higiene bucal. Escove os dentes após cada refeição usando uma escova com cerdas macias e um creme dental com flúor.

Não se esqueça de que o fio dental é indispensável, porque ele chega aos lugares que a escova não alcança. Mas tenha cuidado ao usá-lo para não ferir a gengiva. E o mesmo deve ser com a escova, que deve ser utilizada com cautela para não impactar a gengiva nem causar muito atrito.

Quando for comer alimentos mais duros ou muito crocantes, faça isso com atenção para não causar cortes na boca. E lembre-se de que as consultas periódicas com o dentista são essenciais. Ele fará a limpeza de consultório para complementar seus cuidados em casa e manter suas gengivas sempre saudáveis.

Dra Licia Ney Pizzocolo Gonzalez apex odontologiafaixa-apex-odontologia

Por Dra. Lícia Ney Pizzocolo Gonzalez
CRO-SP 61423

Formada pela Universidade Estadual de São Paulo – UNESP – em 1998, é pós-graduada pela UNICAMP em especialização de periodontia e pela ABCD em especialização de ortodontia. Atua na área de estética, cirurgia oral e implante.

faixa-apex-odontologia

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fale Conosco

× Agendar Consulta