Logo | Ápex Odontologia

A Periodontite tem cura?

Atualizado em 16/02/2022
Tempo de leitura: 3 min.

A periodontite é uma doença infecciosa e bacteriana. Na maioria dos casos tem cura, porém, em estágios avançados, ela pode causar até a perda dos dentes.

A periodontite, conhecida popularmente como piorreia, é uma doença infecciosa e bacteriana. Ela é frequente e cerca de 50% dos adultos apresentam algum tipo de problema periodontal, seja leve, médio ou de alto grau.

Se você tem sangramentos na boca, mau hálito ou gengiva escura, pode ser um sinal da periodontite. Confira tudo sobre essa infecção, suas causas, sintomas e tratamento no texto abaixo!

O que Causa a Periodontite?

A periodontite é a evolução da gengivite. Ela surge com a falta de cuidados bucais e com a inflamação da gengiva. Essa inflamação se estende para o periodonto, o tecido que fica entre os dentes e a mandíbula. Em estágios mais avançados, a doença pode enfraquecer o suporte dos dentes, que acabam caindo.

Ou seja, a causa da periodontite, na maioria dos casos, é a má higiene bucal

Ter uma predisposição genética também pode ser um fator para desenvolver a periodontite. Isso não quer dizer que as pessoas com essa predisposição irão, de fato, ter a doença. Mas elas deverão ter cuidados redobrados, já que seus sistemas imunológicos podem contrair mais rápido os microrganismos causadores. 

Além disso, algumas doenças e hábitos podem ser fatores propensos para a periodontite aparecer, são eles:

  • Diabetes;
  • Câncer;
  • Encaixe errado dos dentes;
  • Alterações hormonais;
  • Fumo;
  • Adolescentes em situações de estresse ou desgaste emocional extremo. 

Os Sintomas da Periodontite

Como a periodontite é a evolução da gengivite, é essencial saber reconhecer os primeiros sinais dessa inflamação para poder contê-la antes que ela passe para a sua forma mais grave. Os sintomas da gengivite são:

  • Gengiva vermelha e inchada;
  • Sangramento da gengiva ao escovar os dentes ou ao passar fio dental;
  • Mau hálito;
  • Acúmulo de tártaro;
  • Sensibilidade nos dentes.

Em casos mais graves ou de evolução da infecção, além dos sintomas citados acima, também podem incluir:

  • Gengiva afastada do dente;
  • Exposição da raiz do dente;
  • Dentes moles ou soltos;
  • Pus ao redor da gengiva;
  • Mudança da posição dos dentes.

Mas, afinal, a Periodontite tem cura?

A periodontite tem cura, porém os danos que ela causa são irreversíveis. Nesse caso, se ocorrer perda óssea ou o rompimento dos ligamentos periodontais, não será possível a recuperação deles. 

A forma mais efetiva de evitar qualquer tipo de dano permanente da periodontite, é o diagnóstico precoce. Se identificada ainda na fase de gengivite, a placa bacteriana e o tártaro, responsáveis pela infecção, são completamente removidos. 

Tratamentos

Se mesmo com todos os cuidados preventivos o paciente precisar de um tratamento para a periodontite, não há porque se preocupar! Há diversas opções de procedimentos que podem amenizar ou até acabar com a periodontite.

  • Limpeza

A limpeza é o primeiro passo que uma pessoa passando pelo tratamento de periodontite irá fazer. É um processo importante, que remove o tártaro e as bactérias causadoras da irritabilidade da gengiva.

  • Raspagem e Alisamento Radicular

Nessa abordagem, o profissional irá remover a placa bacteriana e o tártaro por meio da raspagem. Alisando as áreas irregulares na raiz do dente, irá impedir o acúmulo de novas toxinas bacterianas e o tártaro.

  • Medicamentos

Cada caso deve ser analisado separadamente, porém, na maioria deles, os antibióticos são os indicados para ajudar no tratamento da periodontite. A função deles é eliminar ou evitar o crescimento de novas bactérias.

Lembre-se: nunca se automedique sem antes consultar um dentista especializado! Somente ele poderá te indicar as dosagens, dias e duração correta do tratamento.

Além desses métodos, também há opções cirúrgicas para os casos mais graves da periodontite, como enxertos de tecidos, enxerto ósseo, redução da bolsa periodontal, entre outros. 

  •  Ajuste dos Dentes

Existem várias maneiras de encaixar melhor os dentes de baixo com os de cima, converse com o seu dentista para avaliar qual é a melhor maneira no seu caso.

Cuidados para Evitar a Periodontite

Você já percebeu que evitar a periodontite não é tão difícil, certo? A melhor forma de fazer isso é caprichar na higiene bucal! Lembre-se de escovar os dentes, pelo menos, duas vezes ao dia, usar fio dental e evitar fumar. 

Também é importante manter as suas visitas ao dentista em dia. O ideal é ir duas vezes ao ano. Mas, se você possui alguma doença preexistente, ou é fumante, vá a cada três meses.

E você? Como anda a sua saúde bucal? Compartilhe esse texto com um amigo para lembrá-lo que cuidar da higiene bucal também é importante!

Por Dr. Marcos Ney Pizzocolo
CRO-SP 56458. Formado pela Universidade Paulista – UNIP – em 1995 e pós-graduado em especialização de prótese dentária. Atua na área de estética, implante, cirurgia oral e reabilitação oral.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

 | 21 / 07 / 21
Saiba mais a respeito do bruxismo. Entenda exatamente o que é esse distúrbio e também quais são os sinais e sintomas que ajudam a identificar essa condição.
Ler Mais
 | 07 / 07 / 21
Você sabia que os dentes de leite também podem desenvolver tártaro? Descubra Como é feito o tratamento desse problema e como ele pode ser evitado.
Ler Mais
magnifiercross