Blog

Tártaro nos dentes de leite: como tratar?

O tratamento do tártaro em dente de leite é feito utilizando-se o aparelho de ultrassom odontológico ou as curetas. A remoção do cálculo dental é realizada pelo dentista sendo uma medida importante para evitar problemas como a gengivite.

A imagem mostra uma criança e uma mão com luva branca segurando um equipamento de dentista com espelho na ponta dentro da boca da criança.

É verdade que os dentes de leite têm algumas características diferentes em relação aos dentes permanentes. Eles são mais frágeis, por exemplo, além de menores e uma dentição transitória. Porém, estão sujeitos aos mesmos problemas que os seus sucessores.

Sendo assim, os dentes de leite também podem desenvolver tártaro, mas você saberia dizer se o tratamento desse problema em crianças acontece da mesma forma como nos adultos? Preparamos este post para explicar e apresentar outras informações importantes para garantir a boa saúde dos dentes de leite. Confira!

1 – Por que o tártaro se forma no dente de leite?
2 – É possível prevenir a formação do tártaro em dente de leite?
3 – Como é feito o tratamento do tártaro em dente de leite?

Por que o tártaro se forma no dente de leite?

O processo de formação do tártaro no dente de leite acontece da mesma forma como nos permanentes. Ele é o resultado do acúmulo de resíduos que não são retirados do jeito adequado por meio da higiene bucal.

Principalmente os restos de alimento, quando não eliminados da superfície do esmalte dentário, levam à formação da placa bacteriana. Ela sai facilmente do dente de leite quando é feita a escovação e o uso do fio dental.

Entretanto, quando há negligência na higiene bucal, a placa bacteriana endurece com o passar do tempo. Isso acontece por causa do contato com os minerais presentes na saliva e também aqueles provenientes de alimentos e bebidas. É assim que se forma o tártaro.

Como é feito o tratamento do tártaro em dente de leite?

Como o tártaro em dente de leite é um problema que tem as mesmas características do cálculo nos dentes permanentes, o tratamento também é igual. Por ser um material duro que fica muito aderido ao esmalte, a remoção só pode ser realizada pelo dentista.

Existem duas técnicas principais que podem ser aplicadas para fazer o tratamento do tártaro em dente de leite. Uma delas é com uso do ultrassom odontológico. O dentista faz a higienização de todos os dentes, um de cada vez, com auxílio desse equipamento, eliminando todo o tártaro acumulado sem provocar dor para a criança.

A cureta é uma técnica um pouco mais manual. Ela é um instrumento simples parecido com um pequeno gancho. O dentista passa a cureta nos vãos dos dentes e na linha um pouco abaixo da gengiva para sentir onde o tártaro está acumulado, então, faz a remoção por meio da força manual.

Se preciso, pode complementar os resultados fazendo um pequeno polimento por microabrasão. A superfície do esmalte dentário é totalmente limpa removendo acúmulos mais discretos que promovem alteração de tonalidade.

É possível prevenir a formação do tártaro em dente de leite?

Como você viu, o processo de formação do tártaro em dente de leite ocorre da mesma forma como em pessoas adultas. Sendo assim, é possível fazer a prevenção por meio de uma higiene bucal bem realizada e o uso do fio dental.

Crianças também desenvolvem tártaro porque muitas vezes os adultos acreditam que não é necessário cuidar dessa dentição da mesma forma como é feito com a permanente. Ainda há quem acredite que os dentes de leite não manifestam problemas, mas isso é um erro que leva à negligência com a higienização.

Mesmo os bebês que ainda não têm dentes precisam da higiene bucal basta uma gaze enrolada no dedo indicador embebida em água pra se realizar a higiene da gengiva do bebê. Depois que os primeiros dentinhos começam a nascer, é muito importante dar início à escovação diária. Ela deve ser feita utilizando uma escova de dente e um creme dental adequado para a idade da criança.

O acompanhamento com o odontopediatra também precisa acontecer o quanto antes. Ele ajudará os pais dando instruções sobre como realizar a higiene da melhor forma e quais medidas podem ser adotadas para evitar não só o tártaro, mas também outros problemas bucais. Com isso, garantimos a saúde dos dentes de leite e dos permanentes, que estão em processo de formação.

Não podemos esquecer que os dentes de leite são mais sensíveis e delicados do que os permanentes. Por isso, quando for escolher um dentista, prefira aqueles especializados no atendimento de crianças. Faça o acompanhamento conforme a recomendação desse profissional e proceda com a higiene em casa, para garantir que as crianças tenham um sorriso saudável.

Dra Licia Ney Pizzocolo Gonzalez apex odontologiafaixa-apex-odontologia

Por Dra. Lícia Ney Pizzocolo Gonzalez
CRO-SP 61423

Formada pela Universidade Estadual de São Paulo – UNESP – em 1998, é pós-graduada pela UNICAMP em especialização de periodontia e pela ABCD em especialização de ortodontia. Atua na área de estética, cirurgia oral e implante.

faixa-apex-odontologia

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fale Conosco

× Agendar Consulta