Blog

Prevenção contra a cárie

 

A cárie é um problema bucal que pode afetar pessoas de qualquer idade. Até mesmo os bebês com seus primeiros dentes de leite estão suscetíveis a ela. Isso porque a sua causa está relacionada com o enfraquecimento do esmalte dentário e os danos provocados pelos ácidos liberados por bactérias que se proliferam em resíduos de alimentos.

Sendo assim, a prevenção precisa acontecer durante toda a vida, e existem diversas medidas que podem ser adotadas para evitar que o dente seja lesionado. Neste artigo falaremos sobre algumas delas para que você possa cuidar melhor da sua saúde bucal.

Continue lendo para entender como a cárie se forma e descobrir o que pode ser feito para que o esmalte dentário não seja danificado por ela.

Afinal, o que é a cárie?

A cárie é um problema bucal muito comum e recorrente nos consultórios odontológicos. Embora ela seja bastante frequente durante a infância, pessoas de qualquer idade podem apresentar essa condição em todos os dentes, sejam eles de leite ou permanentes.

Ela é caracterizada pela formação de lesões no esmalte dentário que variam de gravidade conforme a extensão afetada. É provocada pelos ácidos que são liberados por bactérias que se proliferam em nossa boca, principalmente por causa da má higienização.

Elas se alimentam de resíduos de comida que se depositam sobre os dentes e, nesse processo, liberam ácidos que causam a desmineralização do esmalte dentário. Assim, ele se deteriora e surgem buracos e deformações em sua superfície.

Se não tratada, a cárie evolui e estende-se cada vez mais, podendo atingir também a polpa (nervo) do dente. Quando isso acontece pode ser necessário o tratamento do canal do dente e também existe a possibilidade de perda dele em função da extensão da lesão. Mas felizmente a prevenção da cárie é muito simples, conforme você verá a seguir.

Como prevenir a cárie

Para evitar que a cárie se manifeste existem dois cuidados fundamentais que precisamos tomar, sendo com a higiene e a nutrição dos dentes. A seguir, listamos algumas medidas eficazes para alcançar esses dois objetivos.

Realize uma higiene bucal adequada

Como as bactérias causadoras da cárie se proliferam em resíduos de alimentos é fundamental escovar muito bem os dentes (veja 5 dicas para escovar melhor os dentes, clicando aqui) sempre que comer. Sempre use uma escova de dente adequada para sua necessidade e um creme dental com flúor. Não se esqueça de que o fio dental é indispensável pelo menos uma vez por dia, especialmente à noite antes de dormir.

Uso de selantes

Nossos dentes possuem sulcos em suas superfícies, principalmente os molares, o que facilita a deposição de resíduos alimentares. Uma alternativa para evitar que isso aconteça, em alguns casos, além de realizar uma boa higienização, é aplicar selante no consultório odontológico.

O dentista recobre essas áreas de maior risco para a formação de cárie com um material que preenche esses sulcos. Assim, ele forma uma barreira de proteção minimizando a formação da placa e evitando a agressão dos ácidos.

Prefira produtos com flúor

Para a escovação diária é essencial usar um creme dental com flúor porque essa substância contribui para a absorção de nutrientes que mantêm os dentes resistentes. Naturalmente ocorre em nossa boca o processo de desmineralização e remineralização do esmalte. Ou seja, ele perde e recompõe os seus minerais, sendo que o flúor ajuda nesse segundo caso.

Além do creme dental, você também pode usar enxaguantes (com moderação) e, se necessário, produtos que fazem uma suplementação dos minerais nos dentes, mas nesse caso é importante o aconselhamento de um dentista.

Além disso, procure se informar se a água que você ingere também é enriquecida com esse elemento, pois essa é uma das principais formas de obtenção do flúor naturalmente.

Mantenha o organismo hidratado

Você sabia que beber água ajuda a cuidar dos dentes? Isso porque a qualidade da saliva, bem como seu fluxo regular, depende da hidratação do organismo. Se não bebermos água suficiente durante o dia a saliva se torna mais ácida, porque ocorrem alterações em seu pH, ou ela se torna insuficiente para promover a limpeza natural dos dentes.

Seja por causa da acidez ou da secura da boca, esse espaço se torna o ambiente propício para a proliferação das bactérias. Os dentes ficam desprotegidos e mais suscetíveis a lesões e problemas como a cárie.

Visite o dentista regularmente

Outra medida indispensável para prevenir a cárie é passar por consultas odontológicas pelo menos a cada seis meses ou conforme indicação do especialista. Nessas visitas o profissional adotará medidas preventivas como a profilaxia, a raspagem, alisamento e polimento dental (tartarectomia) e a aplicação de flúor, além de avaliar se a higiene bucal está sendo feita com a qualidade necessária e orientando as devidas correções.

Todos esses procedimentos fazem parte da rotina das consultas odontológicas e são fundamentais para garantir o equilíbrio da saúde bucal. Eles complementam os cuidados tomados em casa, portanto, são essenciais para que você tenha dentes fortes e saudáveis.

Não se esqueça de que como esse problema também se manifesta em crianças, cabe aos adultos complementar a escovação delas e instruí-las para fazer a prevenção. Um dente de leite cariado pode causar diversos incômodos para os pequenos, pode interferir na formação do dente permanente além de atrapalhar  o posicionamento correto dos permanentes devido a perda de espaço para o nascimento deles.

Fazer a prevenção da cárie não é difícil, não é mesmo? Apenas requer um pouco da nossa atenção e dedicação, então, faça sua parte em casa e procure por um dentista para que os procedimentos do profissional complementem os cuidados caseiros, garantindo o equilíbrio da sua saúde bucal e um sorriso sempre bonito.

Dr Marcos Ney Pizzocolo apex odontologiafaixa-apex-odontologia

Por Dr. Marcos Ney Pizzocolo
CRO-SP 56458

Formado pela Universidade Paulista – UNIP – em 1995 e pós-graduado em especialização de prótese dentária. Atua na área de estética, implante, cirurgia oral e reabilitação oral.

faixa-apex-odontologia

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fale Conosco

× Agendar Consulta