Logo | Ápex Odontologia

Retração Gengival

Atualizado em 29/09/2021
Tempo de leitura: 2 min.

O que causa a Retração gengival?

O que a maioria das pessoas ouve, incluindo profissionais da área odontológica, é que a escovação é a causa da retração gengival. Mas na verdade, ela não é!

A escovação pode ser o ponto final da retração gengival, mas seria preciso escovar os dentes com uma escova muito ruim, muito dura, causar dores, sangramento, uma inflamação muito forte para causar esse problema.

Os dentes posteriores fazem a mastigação. Os dentes inferiores não estão olhando para cima verticalmente, eles olham um pouco para dentro. E os superiores não estão olhando para baixo verticalmente, mas sim um pouco para fora, porque na hora que eles encostam, precisam gerar um vetor de força para o centro da cabeça.

Então, aquele ponto, que é muito conhecido entre sobrancelhas, é um ponto importante. Pegamos esse ponto e direcionamos para dentro da cabeça, uns 12 milímetros, obtendo  um ponto interno.

Teoricamente, todos os vetores que formam a força mastigatória deveriam chegar nesse centro.

O canino também ajuda a evitar que os dentes posteriores não se toquem nesse ponto. Então, quando é feita a mastigação, o canino toca e evita o contato com os dentes fora do centro, fazendo somente o movimento de fechamento, e os pré-molares e molares se tocam. Com isso, a raiz superior é estimulada a dissipar força para cima e para dentro do crânio, e as raízes inferiores, a dissipar força para baixo, a parte um pouco mais para fora da mandíbula, que tem bastante osso, e não gera forças laterais nos dentes.

Assim, o que causará a retração é a força gerada para fora no pré-molar, que é uma força de extração. E isso gera tensão na gengiva, no osso de fora, e o retrai. Desta forma, pode-se confirmar que a retração é um problema de equilíbrio na mordida, o equilíbrio oclusal. Essa não é uma situação tão simples de se resolver, são caminhos que se traçam na odontologia, e é sempre bom lembrar de que a escovação não é a causa.

Por Dr. Marcos Ney Pizzocolo
CRO-SP 56458. Formado pela Universidade Paulista – UNIP – em 1995 e pós-graduado em especialização de prótese dentária. Atua na área de estética, implante, cirurgia oral e reabilitação oral.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 | 31 / 03 / 21
Sabia que o flúor ao mesmo tempo em que protege os dentes pode fazer mal ao organismo? Entenda se ele é o mocinho ou o vilão dessa história.
Ler Mais
 | 17 / 02 / 21
O tártaro prejudica a estética do sorriso e a saúde da boca, por isso, ele precisa ser combatido. Veja como tratar esse problema e evitar suas complicações.
Ler Mais
1 2 3 28
Logo | Ápex Odontologia

Ápex Odontologia 2021 | Desenvolvido em WordPress por Surya Marketing Médico.

magnifiercross