Logo | Ápex Odontologia

Saúde Bucal para gestantes

Atualizado em 28/09/2021
Tempo de leitura: 2 min.

O tema gestante, é um tema bastante importante porque quando a gente está nesse estado de gestação, qualquer mulher fica ávida por informações, por saber o que vai fazer bem ou fazer mal, para o seu bebê, a gente quer sempre fazer o melhor. Então hoje é o momento de saber sobre saúde bucal.

Dica importante

Se você está pensando em engravidar, esse é o momento de você procurar um dentista. Essa é a melhor fase de você tratar qualquer coisa e iniciar um processo de prevenção, em um estado de saúde bucal, é antes de engravidar, afinal, existem situações de infecção bucal que sim, podem alcançar e afetar o feto, causando implicações no parto e no nascimento do bebê.

O que é periodontite?

Periodontite é a infecção do canal do dente. Quando temos uma dor de dente e precisa tratar o canal, na verdade são situações onde já existe uma infecção na boca, e você pode tratar. O ideal é no segundo trimestre da gestação, que você pode e deve tratar. Mas a infecção já está ali.

A periodontite é uma situação que, muitas vezes, as gestantes passam a gestação toda com o problema. Porque, como eu já disse em outro vídeo, muitas vezes a doença periodontal não dói, então ela está lá e a gestante nem percebeu.

Por que afeta o bebê?

Na verdade, como a gente vê aqui, a pontinha da raiz dos dentes vai ser irrigada pelo vasos sanguíneos. Toda parte periodontal, que são o osso a gengiva que está em volta do dente, está sendo irrigado pelo sangue que está correndo na corrente sanguínea. Nessa situação de infecção ele capta essas bactérias, que irão caminhar pelo corpo todo e passarão pelo feto.

O que isso pode implicar ?

Pode implicar em um bebê mais magro, no caso da periodontite que a mãe não percebe que tem e fica tempo inteiro com aquela periodontite até agressiva. Existem relatos de parto prematuro por conta desses processos infecciosos, que são substâncias que acionam o processo de parto. Então, por isso é muito importante a gestante ter um acompanhamento com o dentista, para saber se está em ordem. Se não estiver, tem que tratar, mesmo que já esteja na gestação, para tirar aquela infecção.

Inclusive porque existem relatos também que a gengiva sangrou no período que estava gestante, houve perda de dente na gestação. Isso acontece pois não foi feito o processo preventivo e quando chega a gestação, tem toda aquela alteração hormonal que a boca também irá sentir, e se ela tiver um processo infeccioso, o resultado disso pode ser mais agravado, tanto para a mãe quanto para o bebê.

Então procurem, de preferência antes de engravidar, o cirurgião dentista.

Por Dra. Lícia Ney Pizzocolo Gonzalez
CRO-SP 61423. Formada pela Universidade Estadual de São Paulo – UNESP – em 1998, é pós-graduada pela UNICAMP em especialização de periodontia e pela ABCD em especialização de ortodontia. Atua na área de estética, cirurgia oral e implante.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 | 31 / 03 / 21
Sabia que o flúor ao mesmo tempo em que protege os dentes pode fazer mal ao organismo? Entenda se ele é o mocinho ou o vilão dessa história.
Ler Mais
 | 17 / 02 / 21
O tártaro prejudica a estética do sorriso e a saúde da boca, por isso, ele precisa ser combatido. Veja como tratar esse problema e evitar suas complicações.
Ler Mais
1 2 3 28
Logo | Ápex Odontologia

Ápex Odontologia 2021 | Desenvolvido em WordPress por Surya Marketing Médico.

magnifiercross