Logo | Ápex Odontologia

Você sabe quando usar o Invisalign?

Atualizado em 30/09/2021
Tempo de leitura: 4 min.

O Invisalign é um tipo de aparelho ortodôntico classificado como alinhador invisível. Ele é indicado para os mais diferentes problemas ortodônticos, sendo ideal para quem busca um tratamento confortável, discreto e mais prático para o dia a dia.

A imagem ilustra uma pessoa colocando o aparelho Invisalign.

Existem diversos casos em que é possível corrigir problemas ortodônticos sem usar o aparelho metálico tradicional. O Invisalign também é um aparelho ortodôntico, mas tem o diferencial de uma estrutura mais confortável e prática para o paciente.

O Invisalign é um alinhador invisível feito com material de tecnologia avançada, transparente e que pode ser retirado da boca na hora de comer ou de escovar os dentes. É mais confortável por não conter peças metálicas, gerando menos atrito na mucosa bucal.

Mas você sabe quando é preferível utilizar o Invisalign e para quais casos ele é indicado? Neste artigo vamos responder essas duas perguntas. Continue para conferir!

Para quem o Invisalign é indicado?

Uma das grandes vantagens do Invisalign é a sua versatilidade. Esse aparelho ortodôntico pode ser utilizado por pessoas de todas as idades, sendo uma importante ferramenta nos diferentes tipos de ortodontia.

Sendo assim, é possível usar o Invisalign em crianças para fazer a prevenção de problemas ortodônticos complexos; mas também é indicado para adolescentes que precisam corrigir problemas que já estão se instalando. Inclusive, existe uma versão especial para jovens.

No caso do público adulto, o Invisalign é ainda mais atrativo. Ele possibilita corrigir os problemas ortodônticos já completamente instalados, porém, com o benefício de não comprometer a estética do sorriso. Afinal, é um alinhador transparente que se molda à dentição e não contrasta com o esmalte dentário.

Portanto, o Invisalign é indicado para pacientes de todas as faixas etárias que precisam fazer a prevenção ou a correção de problemas ortodônticos diversos. Também para aqueles que estão em busca de um tratamento mais prático, confortável e discreto, a fim de não comprometer a aparência.

Não podemos esquecer, também, de que o Invisalign possibilita alcançar resultados mais rápidos por causa da dinâmica do tratamento. Assim, é uma alternativa ainda para aqueles que desejam usar o aparelho por menos tempo.

Mais uma indicação do Invisalign é para contenção dentária, a última fase do tratamento ortodôntico. Ele pode ser utilizado durante essa etapa de adaptação da nova configuração da arcada, evitando a recidiva com mais conforto e discrição.

Quando é possível optar pelo Invisalign?

Apesar das amplas indicações do Invisalign, assim como acontece com qualquer outro aparelho ortodôntico, ele tem suas limitações. Portanto, algumas vezes lançamos mão de algum acessório fixo para ajudar na movimentação dentária mais complexa, como um mini-parafuso ortodôntico ou um botão colado no dente, dependendo da complexidade, características e necessidade de cada paciente.

De toda forma, o Invisalign pode ser usado para correção dos mais diferentes problemas ortodônticos. A seguir apresentamos os principais em que ele demonstra uma alta eficiência.

Problemas na mordida

Os problemas na mordida provocam alterações no modo como as arcadas dentárias se encaixam, caracterizando a má oclusão. O Invisalign é recomendado para quadros como esses, sendo:

  • Sobremordida: quando os dentes da arcada superior recobrem de forma excessiva os dentes da arcada inferior;
  • Mordida cruzada: quando há o desencontro dos dentes de ambas arcadas, alguns à frente e outros atrás, cruzando a dentição;
  • Mordida aberta: quando os dentes da arcada superior e inferior não se encontram, formando um espaço entre eles.

Em alguns casos existe a necessidade de combinar o uso do Invisalign com a cirurgia ortognática, quando o problema tem uma forte ligação com a estrutura óssea.

Prognatismo mandibular

O prognatismo mandibular ocorre quando a arcada dentária inferior fica à frente da superior, ou seja, os dentes de baixo ficam mais para fora, cobrindo os de cima. Isso pode acontecer devido ao crescimento exagerado da mandíbula ou problemas no desenvolvimento do maxilar superior; mas também pode estar relacionado com o posicionamento inadequado dos dentes.

Mandibula pequena

Muitas vezes o osso da arcada superior é muito maior que o inferior! E assim, ainda em fase de crescimento ou em adultos jovens, podemos promover o avanço da mandíbula! As precision wings, no invisalign, fazem este trabalho, tendo o efeito ortopédico, de forma mais discreta e confortável para o paciente!

Diastemas

Os diastemas são os espaços que se formam entre os dentes, como acontece com as pessoas que têm os dentes da frente separados um do outro. Com o Invisalign é possível realinhar toda a arcada para fechar esses espaços.

Apinhamentos dentários

Os apinhamentos acontecem quando os dentes crescem de forma inadequada, se sobrepondo uns aos outros. O Invisalign possibilita alinhar os dentes de ambas as arcadas para que ocupem a posição certa.

Desalinhamentos em geral

Os dentes podem nascer desalinhados, alguns um pouco mais à frente ou mais atrás do que os outros, deixando o sorriso irregular e assimétrico. Esse é um problema bastante comum que pode se apresentar em grau mais sutil ou complexo, mas que pode ser corrigido pelo Invisalign.

Não se esqueça de que cada caso é diferente do outro, por isso, só o ortodontista é quem pode fazer uma avaliação precisa do seu quadro e recomendar o melhor tratamento com um dos produtos Invisalign. Se necessário, associando outros procedimentos para alcançar o melhor resultado estético e funcional.

O planejamento do tratamento ortodôntico com o Invisalign ou para qualquer outro aparelho, é todo estudado e realizado pelo ortodontista com o auxílio da documentação ortodôntica! Para que se chegue o mais próximo possível do resultado desejado de estética e saúde funcional!

Por Dra. Lícia Ney Pizzocolo Gonzalez
CRO-SP 61423. Formada pela Universidade Estadual de São Paulo – UNESP – em 1998, é pós-graduada pela UNICAMP em especialização de periodontia e pela ABCD em especialização de ortodontia. Atua na área de estética, cirurgia oral e implante.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 | 20 / 10 / 21
Quando a cárie não recebe o tratamento correto, ela evolui para várias complicações. Veja quais são as consequências desse quadro quando não tratado.
Ler Mais
 | 28 / 04 / 21
Você já conhece o invisalign? Veja como esse aparelho ortodôntico funciona, suas indicações e as vantagens que oferece.
Ler Mais
1 2 3 9
Logo | Ápex Odontologia

Ápex Odontologia 2021 | Desenvolvido em WordPress por Surya Marketing Médico.

magnifiercross