Logo | Ápex Odontologia

O Coronavírus pode ser transmitido pela saliva? Entenda!

Atualizado em 29/09/2021
Tempo de leitura: 3 min.
Ao fundo da imagem, há partículas de um vírus.

O novo Coronavírus se tornou um grande desafio em todo o mundo. A preocupação agora é conter a disseminação dele para combater a pandemia de Covid-19, por isso, nesse momento é fundamental que você acumule o máximo de informações possível.

Em todas as mídias estão sendo divulgadas recomendações para evitar o contágio, mas muitas dúvidas ainda existem, principalmente em relação a detalhes que são pouco esclarecidos ou que geram informações conflitantes.

Pensando nisso, preparamos este artigo para explicar se é possível ocorrer a transmissão do Coronavírus por meio da saliva. Se você quer saber mais, continue lendo e veja como cuidar bem da sua saúde e da sua família. Também confira algumas recomendações para se prevenir.

A saliva contém Coronavírus?

A saliva é transmissora de diversos tipos de micro-organismos, e os vírus estão inclusos nesse grupo. Assim como acontece com todos os demais, o Coronavírus pode ser transmitido por meio dela, então, é possível contrair a Covid-19 se tiver contato com a saliva de uma pessoa infectada.

É por isso que existe a recomendação de cobrir a boca na hora de tossir ou espirrar. Afinal, quando isso acontece, gotículas de saliva são expelidas para fora do corpo e são elas que contêm o vírus. Ou seja, quando uma pessoa tosse ou espirra ela não expele apenas o vírus em si, mas o seu fluido corporal que contém esse agente patógeno.

A recomendação do uso de máscara se dá em função do mesmo fato. As gotículas de saliva permanecem em suspensão no ar, então, quando a pessoa inala essas partículas, junto com elas está inalando o vírus.

É seguro compartilhar copos e outros objetos?

É importante saber que o Coronavírus tem um tempo de sobrevida quando está fora do organismo humano. O período exato ainda é discutível, principalmente no que se refere à superfície na qual ele está instalado, mas é fato que pode ser por vários dias.

Sendo assim, uma das recomendações para se prevenir do contágio é não compartilhar copos e outros objetos de uso pessoal. Isso inclui talheres, escovas de dente e toalhas, pois podem conter gotículas de saliva e também o vírus.

O mesmo se dá com o compartilhamento de canudos, garrafas e até mesmo por dividir um alimento. Comer no mesmo prato ou dar uma mordida de um lanche ou uma fruta também não é a melhor alternativa.

Mesmo o compartilhamento de biscoitos ou salgadinhos diretamente do pacote deve ser evitado. Isso porque quando a pessoa leva sua mão à boca e depois coloca mais uma vez no pacote, pode estar fazendo a transmissão do vírus.

Nesses casos, o ideal é que cada um tenha a sua porção em uma vasilha separada. Em seguida, todos esses utensílios precisam ser muito bem higienizados com sabão neutro e água corrente, sendo que essas medidas são suficientes para eliminar o agente patógeno.

O consultório do dentista pode transmitir o Coronavírus?

Assim como qualquer ambiente de saúde, o consultório do dentista também pode transmitir agentes patógenos, não apenas o Coronavírus, mas ainda outros micro-organismos que causam doenças como gripe, resfriado e até mesmo hepatite.

Por isso, são adotados diversos cuidados para colocar em prática a biossegurança. Você pode perceber que o dentista atende sempre usando jaleco, máscara e luvas, bem como faz a proteção de todos os equipamentos e instrumentos que utiliza durante os procedimentos.

Todos esses itens são descartados e renovados para atender um novo paciente. Os instrumentais passam por uma esterilização a cada uso, garantindo que estejam totalmente livres de qualquer agente patógeno.

Sendo assim, o ideal é que você faça suas consultas apenas em clínicas de confiança e com uma boa reputação, sempre observando os cuidados tomados pela equipe e o profissional em cada atendimento.

Não se esqueça das recomendações primordiais para você se prevenir contra o Coronavírus, que são:

  • evitar locais aglomerados;
  • manter o distanciamento social;
  • lavar as mãos com água e sabão por pelo menos 20 segundos;
  • evitar tocar a boca os olhos e o nariz;
  • não compartilhar objetos de uso pessoal;
  • levar álcool gel para os lugares onde não puder lavar as mãos.

Caso você manifeste algum dos sintomas da Covid-19, que são febre alta, tosse seca e constante e dificuldade para respirar, ligue imediatamente para o atendimento de urgência da sua cidade. E evite comparecer ao hospital.

Por Dr. Marcos Ney Pizzocolo
CRO-SP 56458. Formado pela Universidade Paulista – UNIP – em 1995 e pós-graduado em especialização de prótese dentária. Atua na área de estética, implante, cirurgia oral e reabilitação oral.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 | 31 / 03 / 21
Sabia que o flúor ao mesmo tempo em que protege os dentes pode fazer mal ao organismo? Entenda se ele é o mocinho ou o vilão dessa história.
Ler Mais
 | 17 / 02 / 21
O tártaro prejudica a estética do sorriso e a saúde da boca, por isso, ele precisa ser combatido. Veja como tratar esse problema e evitar suas complicações.
Ler Mais
1 2 3 28
Logo | Ápex Odontologia

Ápex Odontologia 2021 | Desenvolvido em WordPress por Surya Marketing Médico.

magnifiercross