Blog

Pós-operatório de extração de siso

O pós-operatório, de maneira geral, é pra evitar quatro situações: dor, inchaço, sangramento e infecção.

Quando a gente remove um siso, mexemos muito mais do que, por exemplo, uma cirurgia delicada de enxerto ou uma cirurgia delicada de colocação de implante. Muitas vezes precisamos cortar o dente do siso, além de tirar um pouco de osso ao redor, e isso gera uma reação inflamatória maior.

A primeira situação com o pós-operatório de cirurgia de siso é que você precisa seguir à risca tudo o que deve ser feito.

Como funciona o pós-operatório?

Alimentação

Basicamente, comida fria e líquida no primeiro dia, comida mais morna no segundo, e no terceiro dia já dá para começar a pensar em uma comida um pouquinho mais dura.

Além disso, alimentos quentes atrapalham porque ativam a circulação e podem inchar a boca, comprimir e doer. O alimento pode ser um substrato para a bactéria, ou seja, pode induzir a uma possível infecção.

Evitar grãos porque, às vezes, não é possível colar a gengiva de um lado e outro, e ficam uns espaços abertos facilitando a entrada de um grão de arroz, por exemplo, ou qualquer outro tipo de alimento granulado.

Mastigação

Você pode mastigar com todos os dentes, menos o penúltimo e último que estão perto do local da cirurgia, é necessário pensar para mastigar.

Crioterapia

A crioterapia (terapia com gelo) é muito boa, você pode abusar do gelo no primeiro e segundo dia.

O pico da inflamação acontece em três dias, até o segundo dia você pode usar o gelo de 10 a 15 minutos nos dois lados e por fora, principalmente na parte inferior onde o osso é muito duro.

Evitar exercício físico

Evitar exercício físico, mas como? Supondo que você pegue um vaso, coloquei em cima da mesa e seu coração dispara, além de sentir a região pulsando… ou seja, você extrapolou e pode gerar dor e sangramento.

Dois travesseiros ao dormir

Uma coisa interessante é que algumas cirurgias fazem você acordar com a fronha lambuzada de sangue, mas não se assuste. A maioria das vezes, 70% de saliva e o resto de sangue. A saliva vai limpando e, às vezes, a gente baba, mas não se preocupe!

Sangramento mesmo é quando tem uma torneirinha de sangue aberta e sai aquele sangue vermelho vivo. Por isso, dois travesseiros são importantes para você utilizar no pós-operatório também.

Medicamentos

Geralmente, nós prescrevemos anti-inflamatório, analgésicos e antibióticos.

O antibiótico deve ser tomado até o final. O analgésico é recomendado de 6 em 6 horas, porém, é mais indicado para quem tem dor crônica, dor no nervo ciático, e toma remédio seis da manhã, meio-dia, seis da tarde, meia-noite e já fazem três anos. Isso é para o fígado regenerar um pouco.

Mas se você começar a sentir um pouco de dor e passou três horas da última vez que tomou, é bom tomar de novo porque se você esperar a dor chegar para você tomar, a dor pode ser muito grande.

Pele amarronzada

Outra coisa importante que pode acontecer e às vezes as pessoas ficam assustadas: estava tudo bem hoje, amanheci e o local estava amarelado, arroxeado, meio escuro, meu deus, o que aconteceu?

Esse é o processo de debelar o coágulo que está lá dentro, o inchaço. E isso passa um pouquinho para a pele e fica meio amarronzado.

Dr Marcos Ney Pizzocolo apex odontologiafaixa-apex-odontologia

Por Dr. Marcos Ney Pizzocolo
CRO-SP 56458

Formado pela Universidade Paulista – UNIP – em 1995 e pós-graduado em especialização de prótese dentária. Atua na área de estética, implante, cirurgia oral e reabilitação oral.

faixa-apex-odontologia

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fale Conosco

× Agendar Consulta