Logo | Ápex Odontologia

Extração de dente do siso: quando fazer ou não?

Atualizado em 20/05/2024
Tempo de leitura: 3 min.

Você sabia que nem todas as pessoas precisam fazer a extração do siso? O procedimento é recomendado quando o crescimento desse dente causa algum tipo de problema para a saúde bucal. Nas demais situações, é possível viver bem com ele.

A extração de siso é um procedimento bastante comum nas clínicas e nos consultórios odontológicos. Mas não significa que ela seja um tratamento que deve ser realizado por todas as pessoas. 

Na verdade, nem sempre é preciso extrair o dente do siso, e existem aqueles que convivem com esses dentes muito bem. Mas há situações em que o procedimento é inevitável.

Você sabe quando é preciso realizar o tratamento e quem não precisa dele? Essa é uma dúvida bastante comum, então, preparamos este conteúdo para esclarecê-la de forma definitiva. Continue lendo e confira a resposta.

Quem não precisa fazer a extração do siso?

Os dentes do siso são os últimos molares, aqueles que crescem bem no fundo da arcada dentária. Naturalmente, eles são quatro: dois na arcada superior e dois na inferior.

Apesar de a erupção dos dentes de siso ser bastante incômoda, nem sempre isso traz problema para a saúde bucal do indivíduo. Se houver espaço suficiente para esses dentes nascerem, eles vão ocupar sua posição sem prejudicar os demais.

Nessas situações, não existe a necessidade de fazer a extração do siso. Ele vem complementar a arcada dentária e exercer a sua função no processo de mastigação. Mantendo uma boa higienização, esses dentes acompanham a pessoa ao longo de toda a sua vida, sem causar qualquer tipo de transtorno.

Quando é preciso fazer a extração do siso?

Para muitos indivíduos, a erupção dos dentes de siso pode ser de fato um problema. É o que acontece, por exemplo, quando não existe espaço suficiente na boca para esses dentes nascerem. Então, a tendência é de eles atrapalharem os demais, causando dores, desconfortos e o desalinhamento da dentição.

Também pode acontecer de o siso crescer na posição errada. Em vez de ir para cima, em direção à parte externa da gengiva, ele cresce dentro dela, incomodando o dente vizinho. Em situações como essa, existe a recomendação de fazer a extração do siso para preservar os demais dentes e a saúde bucal como um todo.

Como esse molar está posicionado bem ao fundo da boca, a extração dele não provoca prejuízos para o processo de mastigação. É possível conviver muito bem sem ele.

Também existem situações em que o dente do siso cresce sem complicações, mas desenvolve problemas com o tempo. É bastante comum a ocorrência de cárie e tártaro por causa da dificuldade para higienizar. Em especial para quem tem pouco espaço na boca.

O acúmulo de resíduos compromete a saúde do dente e da boca. Quando os problemas acontecem de forma recorrente, o dentista pode recomendar a extração do siso.

Seria melhor fazer a extração do siso de uma vez?

Existem pessoas que se perguntam se já não é melhor fazer a extração do siso antes que ele comece a dar problema. Contudo, como você viu, nem sempre isso acontece, e existem aqueles que têm os quatro dentes sem complicações.

Portanto, nem sempre a melhor alternativa é fazer a extração do siso. Vale lembrar que esse procedimento é uma cirurgia de pequeno porte, e como qualquer outra, existem alguns riscos de complicações, como inflamações ou infecções.

Logo, o dentista tende a recomendar o procedimento apenas se ele for necessário, o que costuma acontecer quando o dente não cresce da maneira como deveria, está prejudicando os dentes vizinhos, quando afeta a arcada dentária ou sofre com problemas recorrentes.

Para ter certeza se é necessário ou não fazer a extração do siso, o ideal é consultar o dentista. Ele fará a avaliação da saúde bucal como um todo e do crescimento desses dentes para verificar se o procedimento é indicado ou se os sisos podem ser mantidos sem nenhum problema.

Por Dra. Lícia Ney Pizzocolo Gonzalez
CRO-SP 61423. Formada pela Universidade Estadual de São Paulo – UNESP – em 1998, é pós-graduada pela UNICAMP em especialização de periodontia e pela ABCD em especialização de ortodontia. Atua na área de estética, periodontia e ortodontia e também é Invisalign Doctor.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 | 10 / 06 / 24
O equilíbrio da saúde bucal contribui para manter o organismo como um todo mais saudável. Ao mesmo tempo, traz benefícios estéticos que fazem com que a pessoa tenha mais autoestima e autoaceitação. Com isso, sua saúde emocional é beneficiada e o indivíduo alcança mais bem-estar e qualidade de vida. O primeiro resultado que podemos perceber […]
Ler Mais
 | 23 / 08 / 23
Saiba mais a respeito da abfração dental, um tipo de desgaste dentário que acontece na porção do dente que fica mais perto da gengiva.
Ler Mais
1 2 3 31
Ligue para agendar
magnifiercross